11 de outubro de 2012

Viver ou juntar dinheiro?

Hoje vim trazer uma reflexão importantíssima pra todos nós. Vi esse texto no blog da Luciana e adorei, pedi autorização a ela pra divulgar e hoje compartilho com vocês:

"Recebi uma mensagem muito interessante de um ouvinte da CBN e peço licença para apresentá-la na íntegra, porque ela nem precisa de comentários:

"Prezado Max, meu nome é Sérgio, tenho 61 anos e pertenço a uma geração azarada: Quando era jovem as pessoas diziam para escutar os mais velhos, que eram mais sábios. Agora dizem que tenho que escutar os jovens, porque são mais inteligentes.
Na semana passada li numa revista um artigo no qual jovens executivos davam receitas simples e práticas para qualquer um ficar rico. E eu aprendi muita coisa… Aprendi, por exemplo, que se eu tivesse simplesmente deixado de tomar um cafezinho por dia, durante os últimos 40 anos, eu teria economizado R$ 30.000,00. Se eu tivesse deixado de comer uma pizza por mês, teria economizado R$ 12.000,00 e assim por diante. Impressionado, peguei um papel e comecei a fazer contas, então descobri, para minha surpresa, que hoje eu poderia estar milionário.
Bastava não ter tomado as caipirinhas que tomei, não ter feito muitas das viagens que fiz, não ter comprado algumas das roupas caras que comprei e, principalmente, não ter desperdiçado meu dinheiro em itens supérfluos e descartáveis.
Ao concluir os cálculos, percebi que hoje eu poderia ter quase R$ 500.000,00 na conta bancária.
É claro que eu não tenho este dinheiro.
Mas, se tivesse, sabe o que este dinheiro me permitiria fazer?
Viajar, comprar roupas caras, me esbaldar com itens supérfluos e descartáveis, comer todas as pizzas que eu quisesse e tomar cafezinhos à vontade. Por isso acho que me sinto absolutamente feliz em ser pobre.
Gastei meu dinheiro com prazer e por prazer, porque hoje, aos 61 anos, não tenho mais o mesmo pique de jovem, nem a mesma saúde. Portanto, viajar, comer pizzas e cafés, não faz bem na minha idade e roupas, hoje, não vão melhorar muito o meu visual!
Recomendo aos jovens e brilhantes executivos que façam a mesma coisa que eu fiz. Caso contrário, chegarão aos 61 anos com um monte de dinheiro em suas contas bancárias, mas sem ter vivido a vida".

"Não eduque o seu filho para ser rico, eduque-o para ser feliz. Assim, ele saberá o valor das coisas, não o seu preço. "

Max Gehringer


Obs.: O Noivo foi no cartório hoje dar entrada na papelada, tô ansiosa pra saber de tudo. Depois conto pra vocês.

Um beijo dessa noiva boba e apaixonada!  ;*

12 comentários:

  1. Tay, o "love" custou R$ 30,00 na Leroy. Bjs!!

    www.diariodeumabride.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa que texto rico esse... Pra falar a verdade há 1ano e meio +ou- eu pensava muito em juntar dinheiro, deixar de fazer algumas coisas (lazer) da vida, mas depois que minha cunhada faleceu com apenas 31 anos de idade, eu tenho pensado muito em curtir o dia de hoje (lógico se viver no mundo da lua) mas aproveitar os belos momento que Deus nos proporciona. O dia de amanhã a Ele pertence.
    Adorei a abordagem do post flor! Parabéns também pela papelada no cartório...rsrs

    Beijos e ótimo feriadão fique com Deus.

    ResponderExcluir
  3. ô noiva boba e apaixonada, disse tudo no post... isso me lembra Eclesiastes:

    Assim, descobri que o melhor e o que vale a pena é comer, beber, e desfrutar o resultado de todo o esforço que se faz debaixo do sol durante os poucos dias de vida que Deus dá ao homem, pois essa é a sua recompensa. Eclesiastes 5:18

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Texto suuper reflexivo, amei!

    Um beijo ;*

    ResponderExcluir
  5. concerteza, temos que refletir e saber dá valor a tudo!

    Beijocas!

    ResponderExcluir
  6. Texto perfeito...só podia ser do famoso max....E a Fernanda está certíssima, Eclesiastes faz uma declaração perfeita da velhice, para que possamos aproveitar os dias de "mocidade".

    Bjs, fica na paz!

    ResponderExcluir
  7. Amei o texto!!! Gosto muito de ouvir o Max na CBN de manhã quando vou para o trabalho :)

    Seu blog é uma gracinha!

    beijos



    http://simaceito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Adorei o texto e concordo plenamente, temos que viver cada fase da vida! Não deixar para viver depois... Bjs

    ResponderExcluir
  9. Lindo texto, e verdadeiro né?!
    Temos que aproveitar a vida também.
    O ruim é que casando fica tudo tão apertado :/
    Tem selinho pra você no blog.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  10. Texto perfeito, não dá para pensar em apenas guardar dinheiro e nada de viver a vida.. temos que viver a vida, e se der guardamos um pouco, afinal não sabemos o que o amanhã nos reserva.

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Poxa vida!
    É realmente uma coisa que deve ser levada em consideração!
    Viver os momentos é fundamental!

    ResponderExcluir
  12. Ótima a reflexão, concordo plenamente.
    Bjs

    ResponderExcluir